Filme: Divertida Mente

Oie.

Dezembro mês de férias da criança, e como entreter essas crianças (e os adultos também) hein? Que tal um filme? Vim aqui indicar para vocês um filme mega fofo da Disney Pixar: Divertida Mente.


Divertida Mente é o 15º filme da Pixar, aparentemente um filme para crianças, traz muito mais que isso, traz lições que muitos adultos precisam aprender!




Veja a Sinopse do filme, extraída do site: AdoroCinema:

"Riley é uma garota divertida de 11 anos de idade, que deve enfrentar mudanças importantes em sua vida quando seus pais decidem deixar a sua cidade natal, no estado de Minnesota, para viver em San Francisco. Dentro do cérebro de Riley, convivem várias emoções diferentes, como a Alegria, o Medo, a Raiva, o Nojinho e a Tristeza. A líder deles é Alegria, que se esforça bastante para fazer com que a vida de Riley seja sempre feliz. Entretanto, uma confusão na sala de controle faz com que ela e Tristeza sejam expelidas para fora do local. Agora, elas precisam percorrer as várias ilhas existentes nos pensamentos de Riley para que possam retornar à sala de controle - e, enquanto isto não acontece, a vida da garota muda radicalmente."



Na verdade a Repulsa e Nojinho, tá?

Em dois dias assisti o filme três vezes junto com o Matheus, e a cada vez que eu assistia eu via um ponto de vista diferente, então vou tentar te convencer a assistir o filme, explicando o meu ponto de vista, sem spoiler, ok?

Quando a Tristeza e a Alegria tentam voltar para a sala de controle elas passam por diversos perrengues nesse trajeto, passam por vários corredores com estantes onde estão todas as memórias de Riley a longo prazo, lá encontra um amigo imaginário da Riley, descobre onde fica aquela musiquinha de comercial que gruda na cabeça como chiclete, mundo da imaginação, jardim da infância e a produção de sonhos, que minha gente é incrível, eles recriaram um estúdio estilo de Hollywood, super legal.

Nessa jornada a Alegria descobre o verdadeiro papel da Tristeza, há falas, por exemplo, que nos fazem pensar e ver que a Tristeza faz parte da nossa vida e do nosso desenvolvimento, muitas vezes ela é responsável por decisões que depois nos dão alegria e o filme mostra isso de incrível, num mundo hoje onde as pessoas ignoram a tristeza como um sentimento ruim, a Pixar acertou em cheio. 

É um filme que explora o sentimento, talvez o mais real da Pixar. É 1h35min  que te prende de maneira sem igual.

Quanto mais se assiste, novas interpretações aparecem, até por que né gente, os sentimentos e a cabeça humana são incriveis!

Fica a dica, pra adultos e criança nessas férias, vocês não vão se arrepender!

0 comentários:

Postar um comentário

Início
 
La Chica Loca - 2015. Todos os direitos reservados ©
Imagens por Freepik | Powered by Blogger